fbpx

A cúpula dos Brics em Brasília

Carta Capital
Paulo Nogueira Batista Jr.

Dificilmente o Brasil voltará a exercer sob Bolsonaro o papel que já teve nos Brics e na política internacional de uma maneira mais geral

OS PRESIDENTES DOS CINCO PAÍSES QUE COMPÕEM O BRICS. (FOTO: ALAN SANTOS/PR)

Share Button

Reservas devem ser preservadas para garantir a posição externa do País

Cuidado. O estoque de dólares constitui elemento central da segurança externa do Brasil

Ressurgiu o debate sobre se seriam excessivas as reservas do Brasil, atualmente em torno de 380 bilhões de dólares. Não seria possível dar melhor uso a esses recursos em vez de deixá-los parados, rendendo juros modestos em aplicações no exterior?

A discussão foi desencadeada, desta vez, pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, que começou a vender reservas gradualmente para suprir a falta de moeda estrangeira no mercado. Ele disse também que o BC passaria a operar com o conceito, supostamente mais relevante, de “posição cambial líquida”, isto é, a diferença entre o estoque de reservas e o de swaps cambiais.

Ler mais
Share Button

Acordo Mercosul-UE traz ganho pequeno com concessões expressivas

Share Button

Paulo Nogueira Batista Jr. fala sobre os planos econômicos dos candidatos | DIRETO DA REDAÇÃO

Share Button