fbpx

Em entrevista exclusiva de Pequim à Sputnik Brasil nesta terça-feira, 5, o vice-presidente do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), Paulo Nogueira Batista Jr., disse que o Brasil pode inaugurar a nova representação do banco já em 2018, passando a atuar como base de negócios para toda a América Latina.

Em entrevista exclusiva de Pequim à Sputnik Brasil nesta terça-feira, 5, o vice-presidente do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), Paulo Nogueira Batista Jr., disse que o Brasil pode inaugurar a nova representação do banco já em 2018, passando a atuar como base de negócios para toda a América Latina.

O NBD inaugurou recentemente uma representação em Johannesburgo, na África do Sul, que funciona como pólo de negócios para toda a África. No Brasil, por enquanto, ainda não há decisão se a representação ficará em São Paulo, no Rio ou em Brasília.

Ler mais
Share Button

Será o ano do Novo Banco do Desenvolvimento, da recuperação russa e da queda de influência do dólar. Quais serãos os efeitos disso nas economias nacionais dos BRICS?

2016 foi ano de surpresas na política e de pesadelos ainda piores quando o assunto era economia. Atingindo os piores índices da série histórica iniciada em 2003, o barril de petróleo despencou a médias na casa dos US$20 — bem distantes dos US$200 projetados pela Goldman Sachs no boom das commodities nos idos de 2008 — derrubando as finanças de países que tinham no produto, fonte principal de renda. Foi o encerramento oficial do ciclo das commodities, das sanções, do protecionismo.

Ler mais
Share Button