fbpx

Debate econômico em tempos de crise: manipulação e falsa pluralidade

Há formas de controlar o debate público que são muito conhecidas, entre elas o noticiário seletivo, a editorialização de reportagens

jornalggn.com.br

Gostaria hoje de ter uma conversa reservada com amigos e correligionários. Se algum bolsominion, pato, ou outro adversário qualquer, estiver extraviado por aqui neste momento, peço gentilmente que se retire.

Ler mais
Share Button

Donald, I love you

Versão ampliada de artigo publicado na Folha de S.Paulo em 16 de março de 2020.

A política externa brasileira causa perplexidade. Como pode um grande país, pergunta-se no mundo inteiro, comportar-se de forma tão inconsequente, subalterna e até ridícula? O Brasil, um dos gigantes do planeta, apresenta-se agora como um anão ignorante e ressentido.

Estranho, em especial, é o alinhamento aos Estados Unidos. Pelas suas dimensões territoriais, demográficas e econômicas, o Brasil não cabe no quintal de ninguém – frase que escolhi, et pour cause, como título de livro publicado há pouco. E, no entanto, como o pessoal se esforça! O esforço inédito para enquadrar-nos no quintal dos EUA é ao mesmo tempo chocante e intrigante. Este artigo é uma tentativa, talvez ilusória, talvez imaginativa demais, de captar a lógica da atual política externa, em especial da relação com o grande irmão do Norte. Pode bem ser, leitor, que não exista lógica nenhuma. Mas quero crer que exista, sim, algum “método nessa loucura”, como diria Hamlet.

Ler mais
Share Button

O coronavírus e o fim do voo de galinha

Os mercados financeiros internacionais se encontram, por sua vez, em fase delicada, após um longo período em que prevaleceu tendência de alta dos ativos, alimentada por políticas monetárias ultraexpansivas da parte dos principais bancos centrais.

https://jornalggn.com.br/noticia/o-coronavirus-e-o-fim-do-voo-de-galinha-por-paulo-nogueira-batista-jr/

Share Button

O EFEITO DO CORONAVÍRUS NA ECONOMIA BRASILEIRA E MUNDIAL

NOCAUTE – Blog do Fernando Morais

O economista Paulo Nogueira Batista Jr fala sobre como o coronavírus está afetando o mercado nacional e internacional e quais os mecanismos de reação que podem ser adotados. As políticas fiscais aplicadas a partir de agora serão decisivas, principalmente se for uma ação coordenada em vários países.

Share Button

Espírito de Bacurau

GGN o jornal de todos os brasis

Share Button

Hora de descascar o bambu

https://www.facebook.com/paulonbjr/videos/2677551125655407/
Pequeno comentário sobre o quadro nacional em 2020
Share Button

Brasil sofre involução no cenário internacional

Entrevista com economista Paulo Nogueira Batista Jr.  para o Jornal do Comercio realizada por Patrícia Comunello.

https://www.jornaldocomercio.com/_conteudo/politica/2019/12/717904-brasil-sofre-involucao-no-cenario-internacional-diz-nogueira.html

Share Button

A ECONOMIA EM 2020 – ENTREVISTA COM PAULO NOGUEIRA BATISTA JR

O Planeta Azul

Quais são as perspectivas da economia brasileira para 2020? O que está faltando para o país retomar o crescimento? Assista aqui no Planeta Azul a entrevista exclusiva de Paulo Nogueira Batista Jr , ex-diretor do Fundo Monetário Internacional e do Banco dos BRICS

Share Button

Sindicato em Ação

Apresentado pelo diretor do Sindifisco-RS Christian Azevedo, o programa conta com as participações dos economistas Paulo Nogueira Batista e Rosa Chieza para debater sobre a crise econômica do Brasil

Share Button

Paulo Nogueira Batista Júnior: “O Brasil é um dos gigantes do mundo”

Economista lançou o livro “O Brasil não cabe no quintal de ninguém: bastidores da vida de um economista brasileiro no FMI e nos BRICS e outros textos sobre nacionalismo e nosso complexo de vira-lata”

Correio do Povo

16/12/2019 PorJessica Hübler

Foto: Fabiano do Amaral

Paulo Nogueira Batista Júnior é economista, foi diretor executivo pelo Brasil e mais 10 países no Fundo Monetário Internacional (FMI) em Washington, nos Estados Unidos, entre 2007 e 2015 e vice-presidente do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), estabelecido pelos Brics (sigla que se refere a Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) na cidade chinesa de Xangai, entre 2015 e 2017. Ele esteve em Porto Alegre para participar de palestra promovida pelo Programa de Pós-graduação em Economia (PPGE) da UFRGS e para lançar o livro “O Brasil não cabe no quintal de ninguém: bastidores da vida de um economista brasileiro no FMI e nos BRICS e outros textos sobre nacionalismo e nosso complexo de vira-lata”. 

Ler mais
Share Button